Associação do Reino Unido estimula médicos a se desculparem  
  Data de publicação: 21/07/2009  
     
 

Associação de Defesa Médica do Reino Unido estimula médicos a se desculparem quando algo errado acontece.



 A Associação de Defesa Médica (MDU), a maior organização de defesa médica do Reino Unido, tem assegurado aos médicos que ao se desculparem, quando algo de errado acontece no tratamento de um paciente, tal atitude não significa que estariam assumindo culpa pelo resultado adverso.


A Dra. Christine Tomkins, diretora executiva da Associação de Defesa Médica afirma: “Por mais de 50 anos aconselhamos nossos membros a se desculparem quando algo de errado ocorre. Pacientes devem receber um relato imediato, compassivo e honesto do que aconteceu. Qualquer paciente que tenha o infortúnio de sofrer, em razão de um erro de qualquer natureza deve receber uma boa explicação e as sinceras desculpas.”


”Não há preocupações legais em se adotar essa atitude. Na verdade, ela é agora apoiada em lei no Capítulo 2 do Ato de Compensação de 2006 que dispõe que “uma desculpa, oferta de tratamento ou outra reparação, não resultará em confissão de negligência ou violação de dever estatutário”. De acordo com a experiência da Associação de Defesa Médica, uma explicação ou pedido de desculpas numa fase precoce, pode ajudar a reduzir o risco de uma ação e é normalmente tudo que o paciente ou parente deseja escutar.” 

A Associação de Defesa Médica apóia o guia “Desculpas e Explicações”, da Autoridade dos Litígios do Serviço de Saúde Nacional (NHSLA), que circulou entre diretores executivos e diretores financeiros em todos serviços de saúde. O guia enfatiza que um pedido de desculpas é algo “natural e desejável” quando um resultado adverso ocorre e que uma explicação pode ajudar o paciente e seus familiares nessas circunstâncias. 

A Dra. Tomkins acrescentou: “Normalmente as organizações de defesa médica não encorajam seus membros a pedir desculpas. Isso é um mito,os médicos possuem  obrigação ética de oferecer uma desculpa e uma explicação se algo deu errado,não havendo motivo legal para não fazê-lo.”


Fonte:Associação de Defesa Médica do Reino Unido
Data do Artigo: 17 de Maio de 2009

 
     
   
 

 

 

 © Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Camargo e Campos Desenv. VisioArt