Casa de sa˙de indeniza paciente por queimadura na incubadora  
  Data de publicação: 13/08/2012  
     
 

A Casa de Saúde e Maternidade São Francisco de Paula, localizada em São João de Meriti, foi condenada a pagar uma indenização no valor R$ 51 mil, por danos morais, e ainda arcar com os pagamentos dos tratamentos estéticos, neurológicos e psicológicos de um paciente.

 A.S. perdeu a visão do olho esquerdo e teve a vista direita comprometida, necessitando de um transplante de córnea, devido a uma queimadura provocada pela luz da incubadora onde ficou internado durante 15 dias. Poucos dias após a alta do hospital réu, o autor apresentou inflamação no olho esquerdo e anemia. Ao ser atendido no Hospital de Bonsucesso, recebeu o diagnóstico das lesões em ambas as vistas.

Na decisão unânime da 8ª Câmara Cível do TJRJ, a desembargadora Ana Maria Pereira de Oliveira, relatora do processo, ressaltou a inércia do réu ante a intimação para apresentação dos laudos médicos do autor.  "Demonstrado o dano ocorrido e o evento danoso, e não tendo a Apelante comprovado a existência de quaisquer das causas de exclusão da sua responsabilidade, ou mesmo apresentado a documentação hospitalar imprescindível, torna-se evidente sua obrigação em indenizar a vítima pelos danos que lhe foram ocasionados", declarou a magistrada.

Processo Nº 0101616-46.2003.8.19.0054

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

 
     
   
 

 

 

 © Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Camargo e Campos Desenv. VisioArt