Unimed Fortaleza deve realizar cirurgia em paciente com pedra na vesícula  
  Data de publicação: 28/02/2013  
     
 

A Unimed Fortaleza deve realizar cirurgia na paciente A.P.S.V., diagnosticada com pedra na vesícula. A decisão é do juiz Raimundo Nonato Silva Santos, da 26ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua.

De acordo com os autos (nº 0041568-34.2012.8.06.0001), A.P.S.V. é usuária do plano de saúde desde agosto de 2011. Em junho de 2012, ela sentiu dores abdominais e precisou realizar exames, sendo diagnosticada com pedra da vesícula.

O médico indicou a realização de cirurgia, mas o procedimento foi negado pela Unimed, que alegou doença preexistente. O plano afirmou ainda que o prazo de carência para a realização do ato cirúrgico não havia expirado.

A paciente foi informada também que, para obter a autorização, teria que adiantar o pagamento de um ano de plano de saúde. Inconformada, ingressou com ação na Justiça.

Ao analisar o caso, o juiz determinou que a Unimed providencie a internação e a realização da cirurgia. "A demandante teve frustrada a contraprestação a que tem direito em decorrência de ser beneficiária do plano de assistência médica", afirmou.

O magistrado destacou ainda que "a não realização da cirurgia pleiteada poderá acarretar o agravamento do estado de saúde e qualidade de vida da autora". A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do dia 23/01/2013.

Fonte: Tribunal de Justiça de Justiça do Ceará

 
     
   
 

 

 

 © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados a Camargo e Campos Desenv. VisioArt