Médico absolvido na comarca é condenado por homicídio pelo TJ  
  Data de publicação: 16/07/2010  
     
 

A Câmara deu provimento parcial ao recurso porque entendeu presente o nexo causal entre a ação/omissão do médico e a morte da vítima.

No mais, o relator da apelação, desembargador Moacyr de Moraes Lima Filho, anotou que "o réu ao ter utilizado pinças inadequadas no procedimento, ter deixado escapar para dentro da cavidade abdominal da vítima uma artéria e, conscientemente causado hemorragia interna, ausentando-se em seguida do hospital e, mesmo sendo chamado a retornar, não compareceu de pronto - ressaltando-se que a paciente poderia ter voltado ao centro cirúrgico - ainda sendo agravado o seu estado diante da prescrição dos medicamentos que intensificaram o sangramento, agiu com manifesta imperícia, imprudência e negligência. Portanto, imperativa a responsabilização do médico José Maurício Ferracioli." A votação foi unânime.

Nº do Processo: 2010.000921-2

Fonte: Tribunal de Justiça de Santa Catarina

 

 
     
   
 

 

 

 © Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Camargo e Campos Desenv. VisioArt